Conceito está ligado a um conjunto de processos pensados para estabelecer padrão mínimo de qualidade de produto ou serviço

O mercado é um ambiente de alta concorrência, e são necessários vários fatores para que uma empresa prospere. Ter as contas em dia, um bom ambiente de trabalho e um quadro de funcionários qualificados são pontos importantes, mas nada disso faz sentido sem um produto de alta qualidade que possa igualar ou superar o que está sendo oferecido pela concorrência

Uma pesquisa realizada pela KPMG em 2020 mostrou que para 84% dos brasileiros a qualidade do produto é o principal fator na hora de escolher uma empresa. Por isso, empreendedores não podem “dar mole” ao definir a melhor forma de realizar esses processos.

É aí que surge o conceito de gestão de qualidade. Neste texto, vamos tratar de tudo o que você precisa saber do assunto. Vamos lá?

O que é gestão de qualidade?

Gestão de qualidade pode ser definida como um conjunto de estratégias, técnicas e processos que são capazes de assegurar um padrão mínimo de qualidade para um produto ou serviço. É um dos pontos fundamentais para que um negócio consiga suprir a expectativa de clientes. 

É o momento em que a empresa deve alinhar boas práticas e fazer que elas se tornem parte da cultura da marca. Nos melhores casos, uma companhia pode ter o nome considerado sinônimo de bons produtos, como foi o caso da Brastemp aqui no Brasil. 

Existem duas fases desse processo: 

  1. garantia da qualidade;
  2. melhoria da qualidade.

No primeiro, existe um esforço constante para que o produto esteja de acordo com as métricas definidas por um setor especializado dentro da empresa e que precisa ter como base a opinião de clientes, bem como o que os leva a escolher a marca.

Já o segundo ponto diz respeito a uma melhoria constante, ligada ao mercado e às referências do setor, seja no Brasil, seja no exterior. Além disso, ouvir a opinião de clientes também é fundamental para entender os pontos de melhoria e perceber uma eventual mudança nas características do público-alvo.

Em poucas palavras, pode-se definir a gestão de qualidade como um processo essencial para a reputação de uma empresa no longo prazo.

Como funciona a gestão de qualidade?

A gestão de qualidade não é algo aleatório. Existe uma entidade internacional de referência, conhecida como American Society for Quality (ASQ), que ajuda a orientar e padronizar os procedimentos de controle de qualidade e assim atender às entidades regulatórias.

Hoje, o modelo internacional que especifica os pilares de padrão de qualidade é o ISO:9001:2015, que é feito pela International Organization for Standardization (ISO).

Pilares da gestão de qualidade

A organização internacional define os seguintes pilares para a gestão de qualidade.

1. Foco no cliente

O objetivo principal de qualquer protocolo de controle e gestão de qualidade é atender aos anseios e desejos de clientes, afinal é o interesse deles que mantém o produto relevante e a empresa lucrativa. Aqui, é importante se atentar a alguns pontos, como a fidelização, a expansão da base de clientes, a comunicação eficiente e a criação de valor para a marca. 

2. Melhoria contínua

A busca pela excelência deve ser um pilar para qualquer marca. Criar uma cultura que busca aprimorar e agilizar processos, reagir rapidamente às mudanças do mercado e tornar o produto cada vez melhor são pontos que contribuem para a melhoria contínua. 

Dessa forma, a empresa pode antecipar problemas, calcular riscos, vencer a concorrência e garantir uma entrega de resultados acima do esperado. Para isso, é preciso que a gestão de qualidade esteja implementada em todos os setores da companhia, já que cada pequena melhoria no processo gera uma grande diferença no todo.

Times bem treinados são fundamentais para a melhoria contínua da empresa. (Fonte: Freepik/Reprodução)

3. Liderança 

As lideranças precisam ser bem estruturadas, proativas e preparadas para transmitir a cultura da organização para todos os colaboradores. É preciso que tenham metas bem definidas — ousadas, porém realistas — para que possam contribuir constantemente para a melhoria da empresa. 

Um ponto fundamental é oferecer um bom plano de carreira e promoções baseado no mérito. É muito mais fácil que um colaborador entenda a cultura da empresa e se motive para crescer dentro dela se existirem promoções atingíveis, justas e bem planejadas. 

A organização precisa tornar a liderança dentro de todo o processo algo a ser desejado por todos os trabalhadores.

4. Decisão baseada em fatos

As decisões da empresa precisam se basear na realidade do mercado. Embora os valores sejam importantes para qualquer marca, eles não podem desviar a organização do caminho dos fatos. 

Atentar-se a pesquisas de mercado e trabalhos acadêmicos que impactem o setor em que a companhia está inserida é fundamental para manter a empresa competitiva e atualizada. 

5. Visão sistêmica

A empresa precisa ser pensada como um grande sistema inter-relacionado. É quase como um organismo vivo, que depende de órgãos e sistemas conversando entre si para garantir o bom funcionamento do corpo. Por isso, a comunicação entre os setores é fundamental.

Ter um departamento que controle a comunicação e busque melhorias constantes para esses processos pode ser um grande diferencial. Um pequeno problema de comunicação em um processo no início da produção pode gerar grandes impactos na reta final. 

Gestão eficiente de processos é chave para produto competitivo no mercado. (Fonte: Freepik/Reprodução)

6. Relação com fornecedores

Uma empresa não funciona sem bons fornecedores. Não é tão fácil encontrar os melhores disponíveis, já que dezenas de empresas estão sempre atentas para conseguir os melhores produtos pelo melhor preço. Seja com fornecedores nacionais, seja com importadoras, manter uma boa relação pode ser a diferença entre um produto competitivo no mercado e um produto caro e ruim.

7. Gerenciamento de processos

Processos precisam ser atualizados e fiscalizados constantemente, principalmente em empresas grandes, que lidam com estoques robustos. Cada segundo ou centavo poupado em um processo que ocorre milhares de vezes ao mês é fundamental para garantir a saúde do caixa da organização, assim como a agilidade e a qualidade na entrega dos produtos.

8. Conscientização dos colaboradores

Colaboradores precisam estar integrados à cultura da empresa. É preciso ter treinamentos atualizados e um plano de carreira claro para que esse processo seja eficiente, tanto para a empresa quanto para o trabalhador.

SSL Locaweb

Não basta que uma empresa seja segura; ela precisa também mostrar para os clientes que é uma referência no assunto. Se o seu negócio tem um site, você precisa conhecer o serviço de SSL da Locaweb. 

Nós garantimos a segurança na navegação para o seu cliente, com certificação e suporte 24 horas

Saiba mais