Diante dos novos hábitos de compra, as vendas online já são sem dúvida uma rotina para os consumidores atuais. Por isso, os vendedores se perguntam como definir quais produtos vender no e-commerce, em busca de atender esse público.

Afinal, comprar pela internet possui inúmeras vantagens como praticidade, rapidez e conforto na hora de efetuar uma transação comercial. Logo, o varejista precisa estar a par do que é tendência no mercado virtual, de modo a atender as necessidades do seu público-alvo, ainda mais considerando que existem uma dimensão de opções para esse consumidor escolher.

Além disso, o gestor deve cuidar do seu negócio do mesmo modo que uma loja física, já que seu empreendimento tem os mesmos departamentos para serem administrados. É preciso cuidar da contabilidade, da logística, do fluxo de caixa, dos produtos e muito mais.

Por falar em produtos, é interessante esclarecer que, em comparação com a loja presencial, são os produtos do seu e-commerce que vão equivaler a vitrine de um comércio físico.

Então, nada mais importante que definir quais produtos vender no e-commerce. Mas fique tranquilo, pois nós trouxemos algumas dicas para ajudar nessa tarefa. Acompanhe o conteúdo e saiba tudo!

Como escolher o nicho dos produtos que vou vender no e-commerce

Quando um empresário decide abrir um comércio eletrônico, uma das principais perguntas que ele se questiona é sobre quais produtos vender neste canal de vendas tão promissor. É natural, principalmente para os vendedores principiantes, a dúvida de qual nicho se segmentar e investir, de forma a gerar lucro e manter um público fiel.

Sabendo que os e-commerces de nicho geram mais receitas por conter um valor agregado e conteúdo de valor para os clientes, aqui vão algumas de como escolher o nicho de produtos para vender no e-commerce.

+O que é um e-commerce de nicho e quais são as suas vantagens

Pense na afinidade

Escolha um nicho de atuação pelo qual você tenha afinidade. Não precisa ser uma paixão gritante, mas tem que ser algo que realmente te chame atenção. Imagine que você não gosta de lidar com bichos, então, porque investir em acessórios para cães e gatos, não é verdade?

Analise o funcionamento do seu nicho

Aqui, algumas perguntas são válidas, como:

  • Quem serão meus clientes?
  • Quem vão ser meus fornecedores?
  • Quais meus concorrentes diretos?
  • Qual a frequência de compra devo ter para obter bons lucros?
  • Qual o ticket médio que meu público-alvo deve possuir na minha loja?
  • Entre outras.

Saiba o seu lugar no mercado

Enquanto as grandes lojas possuem estrutura para focar em múltiplas categorias de produtos, é primordial você se atentar ao fato de que, como um pequeno/médio empreendedor, você precisa se especializar em um nicho de produto.

Portanto, centralize suas ações em trabalhar bastante para ter certeza que está fazendo o melhor possível, afinal, quem hoje está comandando o comércio online um dia também começou aos poucos.

Por último, depois de avaliar as questões acima, fação seguinte:

  • Pesquise com calma e detalhadamente os nichos de mercado que você tem interesse;
  • Veja sites/lojas virtuais semelhantes aos que você pretende criar;
  • Procure saber os passos que esses lojistas deram ao longo do tempo para chegarem ao sucesso e;
  • Principalmente, tome sua decisão priorizando um nicho que você tenha prazer em trabalhar.
como vender mais no e-commerce

Como definir quais produtos vender no e-commerce?

Antes de saber como selecionar os produtos para vender online, lembre-se que a implantação desses passos se dá de forma progressiva, por isso não se preocupe se não conseguir dar conta de todos de uma vez. Enquanto algumas ações são mais fáceis de serem implantadas, outras demandam mais tempo e isso é super normal.

De toda forma, ao aplicá-las na gestão do seu ecommerce, pode ter certeza que os resultados vão aparecer, a curto e longo prazo. Veja agora como definir quais produtos vender no e-commerce.

1) Se preocupe com o lucro

Ainda que os custos operacionais de uma loja virtual sejam bem menores que um comércio físico, isso não significa que eles não existam.

Portanto, o ideal é analisar qual a margem de lucro de cada produto que será vendido na plataforma de vendas, isso e claro, sem esquecer de incluir nesse valor, pontos como:

  • custo da embalagem;
  • tributos;
  • transporte e;
  • taxa de parcelamento nos cartões de crédito.

2) Tenha produtos carro-chefes

Já ouviu falar do produto carro-chefe? Ele é aquele que é considerado principal do seu site e que, por isso, “arrasta” o consumidor para o fechamento de novas compras. Por conta disso, essa estratégia é muito bem vista no mercado de e-commerce.

Pois bem, é nessa mercadoria que você deve investir todo esforço em anúncios (gratuitos e pagos), fotos e descrições detalhadas, e-mail marketing, composição do estoque, entre outros pontos. E porque não fazer isso com um número maior de produtos? Simplesmente porque você vai gastar até o dobro do tempo para preparar e vender esses itens. Fora a alocação para guardá-los e o gasto financeiro.

Com calma, sua empresa digital vai conseguindo vender mais produtos desse estilo.

3) Se especialize no nicho de mercado em que atua

Ser especialista no nicho de mercado no qual sua empresa atua mostra autoridade no assunto, o que faz o cliente acreditar nas ofertas dos seus anúncios. Do outro lado, esse cliente o enxergará como alguém que já trabalhou ou estudou bastante sobre aquele tema e, consequentemente, tem conhecimento do que está falando.

Imagine que você fez um curso de decoração de festas ou já trabalhou numa loja focada nessa área e hoje, você tem um e-commerce voltado para esse nicho. Logo, a oportunidade de venda na sua loja virtual é aumentada, já que o comprador vai ter confiança em você (não que isso seja uma regra, mas ajuda muito). Viu como funciona?

Assim, procure manter o estoque do seu e-commerce com produtos de qualidade, que sejam tendência e/ou aqueles que atendam as necessidades do público-alvo do negócio. Aliás, se você ainda não sabe qual o nicho de mercado investir no seu e-commerce, confira o próximo tópico, no qual explicamos o passo a passo para fazer essa escolha.

4) Inicie com produtos pequenos e leves

Essa dica é muito importante para quem está de primeira viagem no e-commerce. Isso porque qualquer produto vendido online deve conter uma logística simples, de manuseio simples. Uma mercadoria tem mais chances de dar saída quando estiver dentro de uma embalagem prática, que seja fácil de transportar. Aliás, essa praticidade é útil na hora de armazenar os itens no estoque.  

Ademais, produtos pequenos e leves tornam seu e-commerce mais competitivo, além de possuir o frete mais econômico, o que atrai os consumidores.

5) Pesquise a concorrência

Pesquisar o mercado é uma tática essencial para quem está começando a vender online ou mesmo para quem já vende e está adentrando em um novo setor. Você já considerou a possibilidade de investir em um ramo no qual os produtos estejam saturados e que não compense o investimento? Pois é, esse é um critério para se prestar atenção.

Outro detalhe relevante é tentar se aproximar do preço praticado pelos seus concorrentes diretos. Ainda que você queira se mostrar diferenciado, é importante não se distanciar muito dos preços deles. Logo, opte por um equilíbrio: nem muito elevado a ponto dos clientes não poderem comprar, nem muito baixo de forma que não gere lucros para seu negócio.

6) Mostre sua personalidade e diferencial

Em meio a tantas lojas online, o seu comércio virtual precisa se destacar caso queira vender mais e obter maiores lucros. Sendo assim, mentalize que, do mesmo jeito que um empreendimento físico, uma loja virtual não vive apenas de preço, afinal, essa briga por quem vende mais barato você deve deixar para os e-commerces de grande porte.

O que queremos dizer é que o certo é se manter competitivo no mercado, ou seja, é necessário mostrar novidades, possuir um atendimento de qualidade, manter formas adequadas de fidelizar seu cliente e sempre oferecer a ele produtos de qualidade.

Categorias de produtos mais vendidos online

As categorias que possuem os produtos mais vendidos na internet em 2022 são:

  • Esporte e lazer;
  • Saúde;
  • Bebidas e alimentos;
  • Eletrodomésticos;
  • Telefonia;
  • Informática;
  • Eletrônicos;
  • Cosméticos e perfumaria;
  • Bebês e similares;
  • Decoração e casa;
  • Acessórios e moda;
  • Ferramentas e construção.

Lista de produtos mais vendidos online

Esses são os produtos mais vendidos na internet em 2022 por categoria. Além disso, confira o que mais é comercializado no mercado online referente ao nicho em si.

  • Roupas;
  • Celulares;
  • Brinquedos;
  • Sapatos;
  • Produtos para cuidado capilar;
  • Perfumes;
  • Livros;
  • Games;
  • Itens para animais de estimação;
  • Garrafas de água;
  • Notebooks;
  • Maquiagem;
  • Peças de armarinho, usados no artesanato e costura;
  • Produtos para combater a Covid-19;
  • Tapetes;
  • Ring Light;
  • Acessórios em geral, como pulseiras, colares, anéis, óculos etc.;
  • Cursos;
  • Quadros decorativos;
  • Artigos de escritório;
  • Bolsas;
  • Equipamentos para exercícios físicos;
  • Produtos de jardinagem.
  • Carros;
  • Óculos de grau;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Móveis e eletrodomésticos em geral.
quais são as categorias de produtos que mais vendem no e-commerce

Por que é importante escolher o que vender?

De forma geral, ter um nicho de mercado no e-commerce, escolhendo exatamente o que vender, é a solução mais adequada para angariar mais vendas e solucionar as necessidades da clientela.

Descubra mais vantagens de escolher um nicho para vender no e-commerce:

Melhora do relacionamento com o cliente

Se você trabalhar com um e-commerce de nicho, com certeza as oportunidades de um relacionamento mais sólido e duradouro com seus clientes serão muito maiores. Dado que, por estar dedicado a tendências específicas de um determinado produto, o lojista entende com precisão o que seu cliente necessita e o que ele procura nos seus produtos.

Assim, firmado em um nicho de mercado, as ações de marketing, a criação da loja virtual e a comunicação entre as partes fica ainda mais eficiente.

Crescimento da fidelização dos consumidores

Depois que um melhor relacionamento é construído com sua base de clientes, a fidelização do seu público-alvo se torna mais simples e eficaz, possibilitando um fluxo maior de saída dos itens.

Isso ocorre, pois os consumidores se sentem mais confortáveis e seguros para adquirir um produto específico em um e-commerce de nicho. Afinal, eles não querem perder tempo e esforços em sites de grandes redes varejistas.

Marca bem posicionada no setor de atuação

Atuar com um nicho permite também que sua marca trabalhe com um posicionamento mais firme no mercado de atuação, o que ajuda na geração de uma imagem sólida no segmento e auxilia na comunicação com a clientela. Devido a isso, a empresa acaba virando uma referência e passa a ser indicada por possuir autoridade no ramo, atraindo a atenção dos futuros clientes.

Melhor vantagem competitiva

A competitiva do seu e-commerce tem a ver também com o fato de sua marca ser nichada em uma certa categoria de produtos. Isso não exige a venda de mercadorias exclusivas, mas sim a manutenção do foco em um determinado público proveniente desse mercado.

Dessa maneira, a segmentação da sua loja virtual viabiliza que sua empresa adote ações de marketing e propagandas direcionadas a um público específico de mercado. Com isso, você pode fazer anúncios e ações de venda otimizados, de acordo com o capital financeiro disponível no negócio.

Como facilitar o gerenciamento dos produtos que você vende no e-commerce?

Agora que você sabe como definir quais produtos vender no e-commerce, deve estar se perguntando se existe alguma ferramenta que ajude a organizar todas essas atividades que falamos ao longo do texto, certo?

Além de existir esse recurso, ele é fácil de usar e traz inúmeras vantagens a todo e qualquer negócio, não sendo diferente no e-commerce: estamos falando do software de gestão ERP, como o Bling.

Uma vez que você usa o sistema de gestão integrada, as tarefas da sua loja virtual são integradas numa única plataforma e os dados ficam armazenados na nuvem, podendo ser acessados de qualquer lugar com acesso a internet.

Entre as funções do ERP para e-commerce, destacamos o auxílio no/a:

Ganhe 3 meses de acesso gratuito na plataforma Bling usando o cupom #locaweb

CLIQUE AQUI

Com esse cupom você terá 3 meses de acesso gratuito à nossa plataforma para aproveitar todos os recursos que o Bling oferece.

Lembre-se de digitar a hashtag também para o cupom funcionar e aproveite para testar os nossos serviços.

Ah, e essa oferta é válida somente para novas contas criadas no Bling e não cumulativa com outras promoções. Acesse agora mesmo o site do Bling ERP!

Portanto, não perca mais tempo e acesse agora mesmo nossa promoção e eleve seu e-commerce a outro patamar!