O LinkedIn Ads permite alcançar um público B2B altamente qualificado com personalização de anúncios que não dependem dos algoritmos da plataforma

O LinkedIn é uma rede social focada em negócios e carreiras, o que o torna uma plataforma ideal para gerar leads B2B. Diferente do Facebook e do Instagram, que são mais voltados para entretenimento e relacionamentos pessoais, os usuários dessa plataforma profissional buscam informações de trabalho, como soluções e fornecedores. 

Além disso, o LinkedIn Ads oferece ferramentas para empresas que desejam promover seus produtos ou serviços para um público B2B de forma mais assertiva, sem depender do algoritmo da plataforma. Por isso, é uma excelente opção para gerar leads de qualidade.  

Confira abaixo os sete passos importantes para gerar leads para negócios B2B utilizando o LinkedIn Ads!  

1. Estabeleça os objetivos da campanha 

Tela de apresentação do LinkedIn Ads.
LinkedIn Ads permite a configuração de campanhas de vídeos para um público personalizado. (Fonte: LinkedIn/Divulgação)

Antes de começar a configurar uma campanha, é importante definir claramente os objetivos, como gerar leads qualificados, aumentar o tráfego do site ou promover uma oferta especial. Esta definição te ajudará a escolher o tipo de anúncio e a segmentação de público de forma adequada. 

Por exemplo, o objetivo da campanha pode ser gerar leads de usuários que estão mais perto da etapa de conversão, ou que ainda estão no estágio de pesquisa e precisam de mais informações. 

Quer saber como aprimorar cada uma das etapas do ciclo de vendas? Acesse essa matéria e confira dicas valiosas sobre o assunto! 

2. Defina a persona 

A segmentação é uma das principais vantagens do LinkedIn Ads. A plataforma permite segmentar o público-alvo com base em informações profissionais, como cargo, setor, tamanho da empresa e localização geográfica, fazendo com que seja possível criar uma persona assertiva para nortear as campanhas 

Você pode criar essa representação fictícia do seu cliente ideal de acordo com as informações coletadas na base de seus clientes atuais, bem como de seus concorrentes e das tendências do mercado, com dados demográficos, características profissionais, necessidades e desafios.  

3. Escolha o formato de anúncio adequado 

Para definir o formato de anúncio adequado a fim de gerar leads no LinkedIn Ads, é importante considerar o estágio do funil de vendas em que o seu público-alvo se encontra e a mensagem a ser transmitida. 

Sponsored Content 

O Sponsored Content aparece no feed de notícias do LinkedIn. Este formato é ideal para promover conteúdo relevante e informativo, como white papers, infográficos, vídeos e outros materiais educativos, sendo indicado para a fase de conscientização do funil de vendas, permitindo que os usuários conheçam a sua marca e seus serviços. 

Sponsored InMail 

 O Sponsored InMail é enviado diretamente para a caixa de entrada dos usuários do LinkedIn. É um formato de anúncio altamente personalizado e que permite criar mensagens únicas para um público específico.  

Esse anúncio é eficaz na fase de consideração do funil de vendas, quando se deseja criar uma conexão mais pessoal com seu público-alvo, entretanto, se for planejado de forma incorreta, ele pode acabar se tornando um incomodo para os usuários. Leve em consideração as personas da sua marca e defina uma abordagem assertiva na hora de planejar o formato. 

Text Ads 

Tela do LinkedIn, dando ênfase à direita onde estão os Text Ads na plataforma.
O Text Ads é apresentado de forma orgânica, semelhante a recomendações para o usuário. (Fonte: LinkedIn/Divulgação) 

Os Text Ads aparecem na coluna da direita ou acima do feed de notícias do LinkedIn. Eles são ideais para a fase de conversão do funil de vendas, onde uma oferta exclusiva ou promoção pode ser apresentada para incentivar o usuário a se inscrever em um webinar, fazer o download de um e-book ou preencher um formulário de geração de leads. 

Dynamic Ads 

Os Dynamic Ads são exibidos na barra lateral do LinkedIn e são altamente personalizados para o público-alvo. São indicados para a fase de consideração do funil de vendas, pois levam a sua mensagem para usuários que são mais propensos a se interessar por seus serviços. 

Se você ainda não sabe o que é o funil de vendas e como utilizá-lo em seus conteúdos, a Locaweb tem um conteúdo que pode te ajudar. Confira! 

4. Elabore uma oferta relevante 

Para criar uma oferta relevante no LinkedIn Ads e gerar leads para negócios B2B, é necessário entender o que é importante para o seu público-alvo e como sua oferta pode atender às suas necessidades. 

Ofereça algo de valor único e exclusivo, como um ebook, um white paper, um webinar, uma demonstração gratuita ou qualquer outro conteúdo educativo que ajude a resolver um problema ou dor específica. A oferta deve ser clara, relevante e atraente o suficiente para que o usuário seja incentivado a preencher o formulário de geração de leads. 

Por fim, use gatilhos mentais para aumentar a percepção de valor da sua oferta, com palavras como “limitado”, “exclusivo”, “urgente” ou “grátis”. Eles são ferramentas poderosas para aumentar a probabilidade de as pessoas se interessarem pela oferta. 

5. Utilize o formato de Lead Gen Ads 

O Lead Gen Ads é um formato de anúncio disponível no LinkedIn que permite automatizar o processo de geração de leads, reduzindo o tempo e o esforço necessários para coletar e gerenciar dados de contato manualmente. Além disso, como as informações são coletadas diretamente da plataforma do LinkedIn, elas tendem a ser mais precisas e atualizadas. 

Ao clicar no anúncio, o formulário aparece preenchido com as informações do usuário, como nome, cargo e empresa, o que torna o processo de preenchimento mais rápido e fácil. Lembrando que você também pode personalizar o formulário com perguntas adicionais, como número de telefone, endereço de e-mail e localização. 

6. Crie um call-to-action 

Ter um call-to-action (CTA) claro é essencial para incentivar os usuários a preencherem o formulário no LinkedIn Ads. O CTA deve ser objetivo, com verbo no imperativo, indicando claramente qual é a ação que o usuário deve realizar, como “Baixe agora” ou “Assista ao vídeo”. 

Além de ser claro e objetivo, o CTA também deve mostrar ao usuário os benefícios que ele terá ao clicar no botão, com palavras como “grátis”, “sem compromisso”, “personalizado”, “exclusivo”, e apresentar um senso de urgência. 

7. Monitore e otimize a campanha 

Monitorar e otimizar a campanha de LinkedIn Ads é crucial para garantir que você esteja gerando leads qualificados para o seu negócio B2B. Portanto, acompanhe regularmente os resultados, analisando métricas, como a taxa de cliques (CTR), a taxa de conversão, o custo por clique (CPC) e o custo por lead (CPL). 

Se necessário, faça ajustes na segmentação do público-alvo, no conteúdo do anúncio e na oferta, para otimizar o desempenho ao longo do tempo. É importante também testar diferentes formatos de anúncios, títulos e imagens, para descobrir qual gera mais engajamento e conversões. 

Que tal contar com uma plataforma eficiente para dar um impulso na gestão do seu LinkedIn?

Saiba mais