Para os nativos digitais, o acesso à internet é tão elementar quanto ter energia elétrica. Mas de onde vem a internet? Hoje vamos entregar tudo.

Nascida como Internetwork, a rede global de computadores foi criada durante o período da Guerra Fria para atender as forças armadas estadunidenses. O objetivo era manter uma rede de comunicação descentralizada por meio de computadores e outros dispositivos (com ou sem fios) ativa e segura, caso as estruturas de telecomunicações convencionais fossem destruídas pelos inimigos.

Lá pela década de 1970 surge a Arpanet (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada dos Estados Unidos), que ganha prestígio no meio acadêmico e passa a ser utilizada por professores e estudantes do ensino superior, sobretudo nos Estados Unidos. Com o tempo, a comunicação foi ficando difícil e então outra criação importante surge: um protocolo para um ambiente de rede de arquitetura aberta, o TCP/IP.

Foi só a partir de 1990 que houve a popularização. O cientista Tim Berners-Lee desenvolveu o protocolo www (o conhecido World Wide Web) que permitia uma ampla troca de dados utilizando a Internet. Ele também foi responsável pelo desenvolvimento do código HTML e do protocolo HTTP, ferramentas sem as quais a internet seria impensável hoje. A essa altura muita gente já tinha computador em casa, o que facilitou a disseminação da rede entre pessoas comuns.

O www possibilitou a elaboração de sites mais intuitivos e atraentes para usuários inexperientes em internet. Logo nasceram diversos navegadores, como o Netscape Navigator e o Internet Explorer.

Colocar as pessoas em rede revolucionou a comunicação, facilitando o acesso à informação, abrindo oportunidades de negócios e estreitando laços afetivos, só para citar alguns exemplos positivos.

+ Criador de sites: o que é e principais características

Mas do que é feita a internet?

A internet tem, sim, uma estrutura física, formada por muitos elementos. De cara podemos afirmar que ela utiliza a estrutura física de telefonia pública, a comunicação wireless, os cabos de fibra-ótica intercontinentais, servidores, os backbones, supercomputadores, modens, switches e até sinal de satélite, trabalhando de maneira conjunta para garantir que os dados sejam recebidos e transmitidos em tempo real em todos os continentes.

A Internet no Brasil

Em 1988, pelo Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC, da Universidade do Rio de Janeiro, o Brasil entra na era da Internet utilizando a Bitnet, rede remota criada em 1981 para possibilitar um meio rápido de comunicação entre universidades. O primeiro contato foi feito com a Universidade de Maryland, dos EUA.

No mesmo ano foi criado o primeiro provedor do Brasil, a Alternex, rede privada e independente de internet para uso das universidades. A liberação para uso comercial veio anos mais tarde, em 1994. Em 1996 surge uma das principais empresas brasileiras do segmento, o Universo Online (UOL), e em 2000 foi a vez da Internet Group (IG) com sua proposta de levar acesso gratuito à internet por conexão discada.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), 90% dos domicílios no Brasil tinham acesso à internet em 2021, facilitado pelo uso de smartphones – canal mais utilizado para a entrada na rede. Os números de 2022 ainda não foram divulgados até o fechamento desse artigo.

de onde vem a internet brasil

Marco Civil da Internet

No ano de 2014, depois de debates e tramitações, o Marco Civil da Internet foi sancionado pela presidente Dilma Rousseff. A Lei nº 12.965/14 prevê, entre outros pontos importantes, proteção da privacidade do usuário, preservação e garantia de neutralidade da rede (ou seja, o provedor não pode cobrar diferente quem usa mais o streaming de quem usa a internet para jogar, por exemplo), preservação da estabilidade, segurança e funcionalidade da rede. Quem tiver curiosidade em ler o que contempla essa lei, clica aqui.

Linha do tempo da internet entre 1995 e 2013

Entre 1995 e 2023 houve mudanças significativas na internet, que geraram evoluções ainda maiores nos anos seguintes. Fizemos a seleção de alguns fatos importantes dentro desse intervalo de tempo:

1995 – Surge o eBay, uma das primeiras empresas de comércio eletrônico.

1995 – No Brasil, é fundada a Booknet, primeira livraria virtual do país. Mais tarde, ela mudaria seu nome para Submarino.

1995 – O mIRC foi criado para que pessoas conversassem por meio de salas de bate papo. Simplão de tudo: era só para tc (teclar) mesmo. Ainda existe, acredita?

1996 – Começam a surgir comunicadores com mais recursos, como ICQ e Messenger (1999). O Messenger desbancou o ICQ. Para quem não sabe, no subnick aparecia o nome da música que a pessoa estava ouvindo no player do PC.

1996 – Surge o Hotmail, primeiro serviço gratuito de e-mails do mundo.

1996 – É lançado o Nokia 9000 Communicator, primeiro celular a oferecer internet comercial móvel.

nokia 9000 communicator

1997 – É fundada a Netflix (essa mesma que você está pensando),o primeiro portal destinadoaoaluguel e vendas de DVDs online. Não tinha nada parecido na época. É também o ano de fundação da Locaweb, uma das empresas pioneiras em soluções B2B para transformação digital de negócios no Brasil (uma salva de palmas, por favor!)

1998 – Nasce o Google, um dos sistemas preferidos na hora de achar alguma coisa na internet.

1999 – O Napster é criado para trocar arquivos de MP3 – pirataria de música, basicamente.

2001 – Nasce a tecnologia de comunicação 3G, que seria responsável pela popularização da comunicação móvel no mundo.

2002 – Para alegria geral dos gamers, é lançado o Xbox Live: plataforma multiplayer de jogos online. No mesmo ano surge o Fotolog, ancestral do Instagram.

2003 – É lançado o Skype, ferramenta para realizar ligações e videochamadas via internet. Aquilo que era visto apenas na ficção virava realidade. Além disso, numa época em que as ligações internacionais custavam um rim, essa foi uma ótima notícia. Com imagem, melhor ainda.

2004 – Os relacionamentos nunca mais seriam os mesmos depois da chegada do Orkut e do Facebook.

quando foi lançado o orkut

2005 – O YouTube chega como um sistema simplificado de compartilhamento de vídeos.

2006 – Você viu um passarinho azul? É o microblog Twitter que chegou!

2007 – Lançado o primeiro iPhone, com tecnologia de comunicação 2G. A gente nem sabia, mas nossa vida nunca mais seria a mesma depois disso.

2009 – É criado o WhatsApp. Diante do fiasco que foi o primeiro mês, o criador da ferramenta quase o largou de canto para voltar a procurar emprego formal… quase!

2010 – É criado o Instagram. Na época, o app era exclusivo para iPhone.

2014 – Nasce a tecnologia de comunicação 4G, muito mais rápida que sua antecessora.

2014 – Surge na China o Musical.ly, aplicativo para as pessoas postarem vídeos dublando músicas. Hoje, ele é conhecido como TikTok…

2015 – O Brasil supera a marca de 100 milhões de usuários de internet.

2018 – A Apple é a primeira empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão na Bolsa de Valores.

2018 – Nasce a comunicação 5G, que oferece internet 10x mais rápida que a 4G e viabiliza carros autônomos, entre outras tecnologias.

2020 – Entra em vigor a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), aprovada dois anos antes, regulamentando as questões ligadas à privacidade dos usuários da internet.

2021 – Início da operação comercial do 5G no Brasil.

o que é internet 5g

2022 – A China ultrapassa a marca de 1 bilhão de usuários de internet.

2022 – O ano termina com 1,97 bilhão de websites.

2023 – A internet supera a marca de 5,5 bilhões de usuários no mundo.

A internet é responsável por evoluções rápidas e consistentes, capazes de promover mudanças significativas para o mundo – e o desejo é que sempre seja para o bem das pessoas.

Seu conteúdo ou negócio já está na internet? Veja como ter seu próprio site!

CLIQUE AQUI!