As descobertas de Alan Turing, o matemático inglês, foram fundamentais durante a Segunda Guerra Mundial, contribuindo para a criação do computador moderno.

Considerado um dos “pais da computação”, a vida de Alan Turing (1912-1954) foi muito além dos números. Como um grande matemático, Turing foi peça-chave para a vitória dos aliados na Segunda Guerra Mundial, revolucionou a tecnologia moderna e criou o primeiro teste que possibilitou a evolução das inteligências artificiais

Porém, outra parte de sua história foi bastante trágica, marcada pelo preconceito e perseguição por parte do governo britânico. Devido a Turing ser um homossexual assumido, o governo da Inglaterra o considerou criminoso e o obrigou a passar por tratamentos hormonais extremamente invasivos. Ele morreu aos 41 anos de idade, e teve sua história retratada em filmes, livros e documentários. 

Neste artigo vamos contar mais sobre a história e a carreira desse grande cientista. 

A vida de Alan Turing 

Alan Mathison Turing nasceu em 1912, em Paddington, uma área do condado de Londres, na Inglaterra. Desde pequeno ele já demonstrava interesse e curiosidade pela Ciência, especialmente quando ela envolvia números e lógica. 

Durante a sua infância, Turing frequentou duas instituições de ensino, a Hazelhurst Preparatory School e a Sherborne School. Apesar de hoje ele receber reconhecimento como se fosse um gênio, suas notas não eram extraordinárias, e ele demonstrava pouco interesse por matérias que não envolviam a matemática

Leia mais: Swift: conheça a linguagem de programação da Apple 

imagem mostra placa descritiva da escultura de Alan Turing na Inglatera
O governo da Inglaterra homenageou Turing após a sua morte. (Fonte: Getty Image/Reprodução)

Segundo relatos, foi na Sherborne School em que ele conheceu o seu primeiro amor e se entendeu como homossexual, aos 16 anos de idade. O rapaz era Christopher Morcom, com quem ele estudava e trabalhava junto em projetos científicos. Porém, Morcom morreu repentinamente em 1930, vítima de uma tuberculose bovina. 

O King’s College, de Cambridge, uma das faculdades que compõe a famosa universidade britânica, admitiu Turing quando ele tinha 19 anos. Ele se graduou em matemática com honras no ano de 1934

Dois anos depois, ele partiu para um novo desafio acadêmico, dessa vez na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, de onde saiu PhD em 1938. Nesta época, ele desenvolveu alguns dos estudos que, eventualmente, seriam importantes para suas contribuições científicas, como a criptologia, a Máquina de Turing e o multiplicador binário eletromecânico

Por seu alto conhecimento no assunto, o governo da Inglaterra chamou Turing para voltar a sua terra natal e trabalhar com a quebra de enigmas e decodificação de mensagens para o governo britânico

Leia mais: Como utilizar big data para aumentar sua conversão? 

As contribuições de Alan Turing durante a Segunda Guerra Mundial 

Com o início da Guerra em 1939, Turing, juntamente com outros grandes matemáticos, foram para Bletchley Park, também conhecido como Station X, onde havia uma grande instalação militar focada na quebra de códigos e criptografia.

Essa base foi responsável por inúmeras interceptações de mensagens militares vindas do Japão, da Alemanha e da Itália, países que compunham o eixo durante a Guerra. 

Naquele momento, os alemães usavam uma máquina conhecida como Enigma, capaz de criptografar mensagens enviadas via telégrafo de forma quase indecifrável para os seus oponentes. A máquina continha 26 chaves capazes de embaralhar as palavras, conectando pequenos cabos que trocavam uma letra pela outra nas mensagens. 

Enigma: a máquina que criptografava mensagens militares para os nazistas.
Enigma: a máquina que criptografava mensagens militares para os nazistas. (Fonte: Getty Images/Reprodução) 

Ao apertar uma tecla, uma luz se acendia sobre outra tecla aleatória. O interessante é que a máquina não trocava uma letra pela mesma equivalente na mensagem, mesmo se ela se repetisse.

Por exemplo, ao escrever “palavra” na Enigma, os 3 ‘”As” poderiam tornar-se letras completamente diferentes. Estima-se que a máquina era capaz de gerar 159 quintilhões de formas diferentes de modificar uma mensagem

Mas essas cifragens também eram complicadas para os alemães. Todos os dias os códigos eram trocados, e existiam livros para guiar a decodificação das mensagens em uma outra unidade da máquina. Para acessar a mensagem, era preciso configurar a Enigma na mesma chave pela qual ela foi enviada. 

Os estudos para vencer a Enigma partiram da contribuição de matemáticos e criptoanalistas poloneses que já haviam conseguido decifrar algumas mensagens alemãs. A continuidade dos estudos deu frutos, e em 1940 os aliados conseguiram decodificar mensagens interceptadas do eixo, mas ainda com uma demora muito grande. 

The Bombe

Todo esse trabalho chegou ao seu ápice em 1941, quando por fim os matemáticos da Station X conseguiram criar a máquina mais poderosa no que dizia respeito a capacidade de decifrar códigos: a bomba eletromecânica, batizada como “The Bombe”

Ela funcionava a partir três rotores, com dois conjuntos de 26 contatos cada um. A máquina tinha 108 eixos agrupados em nove linhas, com 12 espaços cilíndricos.

Neles, estavam encaixados tambores programados por meio de cartões perfurados que giravam simultaneamente, permitindo que as letras recebidas fossem combinadas e testadas com outras letras já configuradas. A cada ciclo, a The Bombe passava por cerca de mais de 17 mil posições diferentes. 

Depois de interceptar a mensagem, a máquina era capaz de identificar que tipo de código havia sido utilizado. A partir disso, os cientistas configuravam uma réplica da Enigma com o mesmo tipo de cifragem, e assim obtinham a mensagem definitiva.  

As contribuições de Turing foram inestimáveis, especialmente para as estratégias navais, e como resultado fizeram com que o Reino Unido pudesse vencer grande parte das batalhas. 

Leia mais: Código binário: 5 perguntas e respostas para aprender 

Outras contribuições de Alan Turing 

Logo nos seus primeiros anos profissionais, Turing desenvolveu a Máquina de Turing, que desde então é utilizada em sistemas de calculadoras e outras máquinas mais simples, até os dias de hoje. Era um protótipo do computador, em que o sistema contava com um programa que determinava as tarefas a serem executadas.  

Além disso, ele também desenvolveu o Teste de Turing, usado para comparar respostas geradas por humanos e por computadores, dessa forma, era possível avaliar a capacidade de inteligência das máquinas. O teste foi muito importante para o desenvolvimento da inteligência artificial como vemos hoje.  

Uma de suas últimas contribuições foi na área da biologia matemática, em que ele descreveu a maneira pela qual os padrões naturais, como listras, manchas e espirais em animais, podem surgir naturalmente de um estado homogêneo e uniforme

Orientação sexual, perseguição do governo e legado de Alan Turing 

Alan Turing: homenageado na moeda britânica
Alan Turing: homenageado na moeda britânica. (Fonte: Getty Images/Reprodução) 

Em 1952, Alan Turing foi condenado pelo crime de “indecência grave” depois de admitir seu relacionamento sexual com um homem durante uma investigação de roubo em sua casa. Naquela época era crime se relacionar com pessoas do mesmo sexo. 

A fim de evitar a prisão, Turing fez um acordo e foi submetido a tratamentos hormonais à base de estrogênio pelo governo britânico, que acabaram o castrando quimicamente. Ele foi encontrado morto em sua casa, em 1954, ao ingerir cianeto dentro de uma maçã

Embora a família conteste a informações, a versão oficial é de que Alan Turing se suicidou. A cultura pop já retratou o matemático diversas vezes, tendo como por exemplo no filme O Jogo da Imitação, de 2014. 

Ele recebeu diversos prêmios ao longo da vida e após a sua morte. Em 2013, a rainha Elizabeth II concedeu a ele o “perdão real”, apagando todas as suas condenações, e em 2009 o primeiro-ministro britânico já havia pedido desculpas em nome do governo.

Desde 2021, o matemático passou a estampar a parte de trás das notas de 50 libras esterlinas.

Conheça a Hospedagem Dedicada da Locaweb e comece o seu projeto na internet!

Saiba mais